Bolsonaro diz que não há prova de fraudes nas eleições

Bolsonaro diz que não há prova de fraudes nas eleições

29/07/2021

Jair Bolsonaro desde que venceu as eleições em 2018, diz aos quatro ventos que possui provas de que as eleições foram fraudadas, que ele teria ganho no primeiro turno e que vai mostrar essas provas em uma live.

Porém, em sua live, após UMA HORA de muito blá-blá-blá, e ataques ao TSE, ao ministro Roberto Barroso (Presidente do TSE), e nenhuma informação nova relevante, ele diz com todas as letras:

- Não temos provas, deixar claro isso (sic).

Simulação de ataque a urna eletrônica

Na live, Bolsonaro mostra um vídeo onde um programador fez um aplicativo que simula a urna eletrônica e imagina quais seriam as formas de frauda-lá. No entanto, como ele tem acesso ao código fonte do simulador, ele pode alterar como quiser e colocar em prática seus “ataques”. O que não é o caso das urnas eletrônicas onde somente os servidores do TSE tem acesso para alterar o código fonte. Note que quando ele fala de casos que ocorriam de tentar votar em um candidato e aparecer voto nulo, ele está se referindo ao vídeo abaixo de onde o cidadão tenta votar em Bolsonaro mas na tela para voto no governador
Confira o vídeo:

Voto impresso auditável

Bolsonaro exibe mais um vídeo de como seria o voto impresso auditável idealizado por ele. Obviamente que ele nunca mexeu em uma impressora, um dos inventos humanos criados justamente para desafiar a paciência de outros seres humanos.

Observe que primeiro você vota e depois o voto é impresso para conferência. Se você perceber que votou errado, como faz? Como esse voto é cancelado para você poder votar corretamente? E quando acabar o papel da impressora? E quando o papel enroscar? Eu posso ficar trolando a eleição, errando de propósito o meu voto só para tumultuar o processo.


Fraude registrada em vídeo

Outro ponto levantado por ele na live, foi o registro em vídeo de fraude em uma urna. Nele um cidadão que se identifica como Paulo Roberto Duarte Pereira, tentou votar em Bolsonaro na tela para GOVERNADOR e que naquela eleição não havia nenhum candidato do partido dele disputando o pleito.

Lembrando que registrar o voto é crime


Resumindo, Bolsonaro quer gerar insegurança e desconfiança para que os seus apoiadores peguem as armas e se revoltem com o resultado das eleições caso ele não seja eleito, mais ou menos com ocorreu nos Estados Unidos como ocorreu em 6 de Janeiro de 2021.

Isto é, se ele não tentar dar um golpe antes ou arrumar um jeito de cancelar as eleições desse ano. Temos que permanecer atentos.

A urna eletrônica é segura?

Resposta rápida: Sim, a urna é. Apesar de ser um computador e estar sujeito a falhas, até hoje não houve comprovação de fraude em seu uso. Ela também vem sendo aperfeiçoada ao longo dos anos e sempre há testes de segurança em anos eleitorais onde o processo eleitoral e testado por hackers que nunca tiveram sucesso em alterar os números de votos. Fraudes que temos certeza que ocorriam nas eleições de papel

Ainda vou escrever um artigo somente sobre a segurança das urnas eletrônicas.

Abaixo, a live na íntegra. Não recomendo.